News

16/12/2016 - Seis formas de usar a localização a favor dos negócios

Dados espaciais podem ser traduzidos em sistemas empresariais e informações sobre o mercado

Informações e dados são cada vez mais primordiais para os negócios, a maioria das empresas está usando soluções de inteligência de negócios para analisar dados, porém ainda são poucas que entendem que os dados espaciais podem ser traduzidos em sistemas empresariais e informações sobre o mercado.

Ao integrar a localização com Business Inteligence as empresas podem visualizar, analisar e extrair dados mais completos de regiões, vendas e clientes, e assim tomar decisões mais assertivas e impulsionar os negócios.

Com tecnologias GIS (Sistema de Informação Geográfica) é possível obter insights aprimorados como onde as vendas são maiores, quais regiões podem ser mais receptivas a determinadas ofertas, promoções e ações de marketing, além de identificar onde o atendimento ao cliente precisa de aprimoramentos.

A Pitney Bowes separou 6 formas de como agregar analise inteligente de informações geográficas pode transformar seu negócio.

1. Planejamento de expansão – Agregar dados e informações geográficas na hora de planejar a expansão do seu negócio gera muito mais precisão na hora de escolher uma determinada região. Por meio dessas informações é possível identificar os serviços que mais são escassos em uma determinada região, ou até mesmo locais onde tenha uma maior concentração de um determinado público que é de interesse do seu negócio.

2. Gestão de franquias e filiais – Quando se investe em uma franquia, normalmente o contrato estabelece um território de sua atuação e quantas unidades da mesma franquia farão parte dela. Para que essa divisão seja de fato efetiva e rentável, ela precisa ser definida com base em uma análise precisa das informações geográficas e socioeconômicas da região. Ferramentas GIS podem compor o cenário ideal para determinar um território favorável aos seus negócios e dos franqueados.

3. Decisão de investimento – A empresa pode selecionar o ramo de seu interesse em uma região, por exemplo. Através de um melhor entendimento e compreensão da zona de comércio da região e avaliar seu desempenho relativo. Se a análise do perfil demográfico da região apontar que há mais de R$100 milhões em potencial de negócios na área, mas seu negócio no local só está gerando R$10 milhões, avaliação mais aprofundada pode ser conduzida para entender melhor esse défice. A empresa pode reavaliar a liderança local, os produtos disponíveis, serviços oferecidos, entender melhor posição competitiva da empresa no mercado, e reavaliar as metas para o negócio.

4. Controle de estoque – Cada população de determinada região tem suas características próprias, em grandes metrópoles essas características podem variar de bairro para bairro, o público que frequenta a Vila Madalena pode ser diferente do público que frequenta a Rua Augusta, por exemplo. Isso interfere diretamente nos produtos que são consumidos por eles, por isso, ter esse conhecimento prévio é fundamental para expandir e ter um estoque com produtos focados para o público da região de cada negócio.

5. Logística inteligente – Ferramentas GIS ajudam as empresas a planejar melhor sua logística. Com base no cruzamento de informações de transito, informações geográficas e até mesmo do clima, é possível definia a melhor rota para a entrega de determinado produto. Nem sempre o caminho mais curto é o com melhor custo benefício, por isso ter as informações sempre atualizadas e utilizando-as de maneira correta para planejar as melhores rotas, evitando pontos de risco, melhores horários para trafegar, visando atender as necessidades de seus negócios.

6. Relacionamento com clientes – O geo-fence é uma tecnologia que te permite criar um raio em volta de um determinado ponto de seu interesse, quando um usuário cadastrado em sua base de dados passar por esse perímetro ele recebe uma notificação em seu dispositivo móvel, essa notificação pode ser um convite, uma promoção, qualquer informação que seja do interesse dos seus negócios. O geo-fence pode ser aplicado a qualquer modelo de negócio, agregando mais uma forma de interagir com os clientes. No varejo essa tecnologia ajuda sua equipe de venda por exemplo, ao captar a entrada de um cliente na loja o sistema envia ao vendedor informações relevantes sobre o cliente, seu nome, que tipos de produto compra, quais interações ele já teve com a marca, etc. Informações a fim de transformar o atendimento em algo ainda mais personalizado e moldado para o cliente.


Fonte: http://cio.com.br/tecnologia/2016/12/16/seis-formas-de-usar-a-localizacao-a-favor-dos-negocios/



Facebook Twitter LinkedIn Google+ WhatsApp Gmail Email Print



voltar



ATENDIMENTO

Estamos prontos para atender

Tenha a melhor solução para o seu negócio

WhatsApp: (21)99973-5783

CHAT

Fale conosco