News

30/11/2016 - Pesquisa aponta falta de conhecimento para adoção de tecnologia na área de marketing


E estudo realizado pelo DOT digital group – grupo brasileiro especializado em soluções digitais para Educação e Marketing – identificou que 96% dos profissionais de marketing que atuam no Brasil concordam (total ou parcialmente) que o uso da tecnologia representa uma estratégia fundamental para criar campanhas voltadas a conquistar os consumidores desse século.

Apesar desse resultado, a pesquisa – que ouviu 170 profissionais de marketing em empresas de pequeno, médio e grande portes, entre os meses de agosto e setembro de 2016 – identificou que apenas um quarto (25%) dos entrevistados conhecem o conceito de MarTech, que prevê o uso de tecnologia, associada à análise de grandes volumes de dados, para elaboração de campanhas de marketing customizadas e adaptadas em tempo real.

Entre as ferramentas e serviços mais utilizados pelos entrevistados para ações de marketing estão redes sociais (31%), automação de e-mail marketing (29%), marketing de conteúdo (14%), análise de métricas digitais (13%), geolocalização (7%), uso de algoritmo de aprendizado de máquina (3%), microtargeting (2%) e outro (1%).



De acordo com o estudo do DOT digital group, 41% dos entrevistados admitem que as ferramentas de marketing usadas hoje por suas empresas são insuficientes para atingir os resultados esperados.

"Esse estudo confirma nossa percepção de que, apesar de o uso de MarTech ser ainda tímido no Brasil, os profissionais do setor começam a acordar para o fato de que o uso de tecnologias avançadas para análise de informações e comportamentos dos clientes representa um caminho sem volta para garantir os resultados das ações de marketing", afirma Luiz Alberto Ferla, CEO do DOT digital group. "Trata-se de uma tendência bastante difundida em países como Estados Unidos e que aos poucos começa a chamar a atenção das empresas no mercado brasileiro. Nos últimos meses, no DOT temos percebido um aumento expressivo da procura e da implementação de projetos de MarTech, que devem reverter em uma ampliação de 80% no faturamento do grupo com esse mercado neste ano", acrescenta.

O estudo mostra que as principais barreiras no Brasil para adoção de ferramentas mais sofisticadas, que reúnam marketing e tecnologia, são falta de orçamento (38%), desconhecimento sobre benefícios (18%) e falta de habilidades (9%).



Quanto ao que motiva as empresas a buscar novas tecnologias no mercado, 51% dos entrevistados apontam que estão sempre à procura de soluções tecnológicas, 37% admitem que costumam analisar essas ferramentas quando não atingem os resultados esperados, 6% quando um superior solicita, 3% quando escutam falar sobre uma novidade e 2% apenas se têm um orçamento adicional.



Sobre investimentos em soluções, a maioria (40%) dos entrevistados aponta que, no último ano (2015), destinou de 0% a 5% do orçamento de marketing para ferramentas e/ou serviços de tecnologia e só 5% aportaram mais de 50% das verbas para uso de soluções tecnológicas.

Sobre as três principais prioridades das áreas de marketing e tecnologia nos próximos três anos estão a análise e monitoramento competitivo (18%), Big Data (14%) e Marketing e Fidelização (12%).

"A digitalização das informações e dos negócios representa hoje uma realidade, que impacta empresas dos mais diversos portes e setores. No caso do marketing, essa adaptação para esse novo mercado passa, necessariamente, pelo uso de tecnologias voltadas a trazer melhores resultados e se diferenciar dos concorrentes. Nesse sentido, MarTech representa um caminho sem volta", conclui o CEO do DOT digital group.


Fonte: http://convergecom.com.br/tiinside/webinside/30/11/2016/pesquisa-aponta-falta-de-conhecimento-para-adocao-de-tecnologia-na-area-de-marketing/?noticiario



Facebook Twitter LinkedIn Google+ WhatsApp Gmail Email Print



voltar



ATENDIMENTO

Estamos prontos para atender

Tenha a melhor solução para o seu negócio

WhatsApp: (21)99973-5783

CHAT

Fale conosco