News

17/09/2010 - Panda Security: Brasil é um dos maiores exportadores de malwares

Exército Brasileiro anunciou parceria estratégica com a empresa, a fim de fornecer segurança de dados e informação para as 600 organizações militares brasileiras, pois a média de vírus diários já chega a 55 mil.
90% de ataques são contra aplicações da web
Relatório registra seis milhões de ameaças no último trimestre
A Panda Security, em coletiva de imprensa, anunciou nesta quinta-feira (16) sua parceria com o Exército Brasileiro, a fim de fornecer segurança de dados e informação para as seiscentas organizações militares em território nacional.

No entanto, o foco da parceria se dá no combate ao ciberterrorismo, crimes virtuais e a guerra cibernética. De acordo com Juan Santana, CEO da Panda Security, os hackers não se preocupam mais com a notoriedade no mundo tecnológico e sim com o rendimento financeiro que as violações podem gerar. Já vi casos de seqüestros de informação, cujos resgates pedidos eram milionários. Pediam muito dinheiro para pararem de atacar os sistemas das empresas, exemplificou ele.

O contrato foi fechado em aproximadamente R$250 mil para dois anos de serviço, sendo que a empresa forneceu 37,5 mil licenças da plataforma de segurança, cuja instalação já está em curso nas Organizações Militares (OMS) de todo território brasileiro. Foi uma redução de 7000% de redução de custo para nós, afirmou o General de Brigada, Antonino dos Santos Guerra Neto.

De acordo com Juan Santana, o Brasil é um dos maiores exportadores de malware do mundo. A média de vírus dos últimos 20 anos era de 45 milhões. Antes recebíamos em nosso laboratório cerca de 3 mil vírus por dia. Hoje em dia esse número saltou para 55 mil, alertou. Toda nossa vida está se digitalizando, por isso é muito importante obter segurança, ressaltou.

Para o executivo, os maiores problemas de segurança, hoje em dia, são nas transações bancárias. Segundo ele, o usuário normal é um alvo fácil dos criminosos, pois nunca sabe quando será atacado. Estima-se que os hackers enganam cerca de 35 milhões de pessoas por mês, afirmou.

CCOMGEX e Panda Labs

Além da parceria estratégica, a Panda Security e o Exército Brasileiro iniciaram um relacionamento em longo prazo entre o laboratório de tecnologia avançada em cibersegurança, o PandaLabs, localizado em Bilbao (Espanha) e o Centro de Comunicações e Guerra Eletrônica do Exército, o Ccomgex.

De acordo com a empresa, o relacionamento envolve os níveis de treinamento em tecnologia Panda para os quadros do Exército de detecção e combate às ameaças cibernéticas. Cerca de 350 militares já passaram pelo treinamento e, segundo estimativa de Eduardo DAntona, diretor da empresa no Brasil, mais 700 passarão pelo sistema até o fim do trimestre.

O Ccomgex fará o acompanhamento permanente das ocorrências de tráfego em sua rede de informações e irá encaminhar à Panda os conteúdos virtuais com suspeitas de códigos maliciosos ainda não conhecidos pela estrutura de proteção de rede.

A troca de experiência com os militares brasileiros sem dúvida irá contribuir para a constante evolução da nossa tecnologia, beneficiando os usuários da Panda de forma generalizada em todo o mundo, afirmou Santana, acrescentando que a empresa já fornece o serviço também para o Exército da Espanha, além de colaborar com toda a polícia europeia.

Fonte: IP NEWS



Facebook Twitter LinkedIn Google+ WhatsApp Gmail Email Print



voltar



ATENDIMENTO

Estamos prontos para atender

Tenha a melhor solução para o seu negócio

WhatsApp: (21)99973-5783

CHAT

Fale conosco