News

12/08/2019 - Huawei lança o Harmony OS como alternativa potencial do Android

Para demonstrar sua força em criar uma alternativa ao software Android, a Huawei apresentou em sua Developer Conference (HDC) na China nesta quinta-feira, 8, o novo sistema operacional distribuído baseado em micro-kernel HarmonyOS. Richard Yu, CEO do Consumer Business Group, da Huawei, disse que o sistema operacional é "completamente diferente" do Android, do Google, e do iOS da Apple. "É um sistema operacional distribuído baseado em microkernel que proporciona uma experiência suave em todos os cenários. Tem arquitetura confiável e segura e suporta a colaboração perfeita entre dispositivos. Você pode desenvolver seus aplicativos uma vez e depois implantá-los com flexibilidade em vários dispositivos diferentes."

O Google suspendeu a licença da Huawei para Android em maio, depois que o governo dos EUA a adicionou a uma "lista de entidade" de empresas com as quais as empresas norte-americanas foram proibidas de fazer negócios.

Inicialmente, o HarmonyOS será usado para dispositivos inteligentes, como relógios inteligentes, telas inteligentes, sistemas no veículo e alto-falantes inteligentes. Yu é citado dizendo que se e quando a Huawei não puder mais acessar o ecossistema Android do Google, ela poderá implementar o Harmony OS "a qualquer momento". Até lá, a Huawei continuará a suportar o Android.

O HarmonyOS é um sistema operacional de código aberto e, além disso, a Huawei abrirá totalmente seus Huawei Mobile Services (HMS) para desenvolvedores globais, permitindo que eles acessem rapidamente o ecossistema HMS para compartilhamento de recursos. Um outro sistema operacional também foi anunciado, trata-se do EMUI10 baseado no Android, projetado para smartphones e tablets Huawei.

Para atender aos novos requisitos do sistema operacional na era inteligente de todos os cenários da Internet das Coisas (IoT), o HarmonyOS separa os recursos de hardware dos terminais e usa barramentos de software distribuídos para conectar diferentes terminais. Isso permite que os aplicativos invoquem facilmente capacidades periféricas de hardware colaborativas e sem emendas entre os terminais. Além disso, o HarmonyOS é equipado com uma ferramenta de desenvolvimento integrada (IDE) para desenvolvimento em múltiplos terminais. O IDE permite que os desenvolvedores implementem o desenvolvimento de uma única vez para vários terminais, permitindo assim o compartilhamento do ecossistema entre eles. Alavancando o mecanismo de latência determinístico e a comunicação entre processos (IPC) de alto desempenho, o HarmonyOS resolve o problema do desempenho insuficiente do sistema. Uma arquitetura de micro-kernel e um método formal são usados para tornar-se um dispositivo de terminal mais confiável e seguro.

A tecnologia EMUI10 distribuída permite o uso em todos os cenários graças à colaboração inteligente de vários dispositivos, um processo semelhante ao uso de um dispositivo super virtual. Além disso, os desenvolvedores de aplicativos não precisam enfrentar a diversificação e a complexidade do hardware, e podem simplesmente desenvolver um aplicativo que possa ser executado em todos os terminais. O mecanismo de latência determinista impede o congelamento dos sistemas Android causado pela contenção de recursos desordenados entre tarefas em todos os níveis, garantindo uma experiência interativa estável e suave. O design de UX baseado em fator humano apresenta uma interface bonita além das palavras.

Os usuários do Huawei P30 Pro em todo o mundo serão os primeiros a testar o EMUI10 a partir de agora.

Desenvolvedores

A Huawei também lançou globalmente o serviço App Gallery Connect, ajudando os desenvolvedores a realizar operações eficientes durante todo o processo de criatividade, desenvolvimento, distribuição, operações e análises. Além disso, a Huawei atualizou seu programa "Shining Star" elevando os incentivos de 1 bilhão de yuans para 1 bilhão de dólares, expandindo o programa da China para desenvolvedores globais. A Huawei dedica-se a trabalhar com parceiros líderes do setor para estabelecer alianças de incentivo para impulsionar e apoiar desenvolvedores globais em inovação.

Nesta conferência, a Huawei anunciou que abrirá 14 tipos de capacidades HMS Core, 51 serviços e 885 APIs para desenvolvedores em todo o mundo, na esperança de construir um ecossistema inteligente para todos os cenários. Atualmente, existem mais de 43.000 aplicativos conectados ao HMS Core.

Em setembro, a Huawei lançará aplicações rápidas globalmente. Os padrões de aplicativos maduros e rápidos na China serão abertos a desenvolvedores globais para uma experiência rápida e interativa de clicar para executar sem a instalação. Mais de 5.000 serviços foram oferecidos na HUAWEI Ability Gallery no mercado chinês. Em dezembro, a HUAWEI Ability Gallery será lançada em todo o mundo, realizando uma distribuição global de serviços rápidos.

Ferramentas de desenvolvimento para IoT

Para acelerar o desenvolvimento inteligente de dispositivos que não sejam smartphones e melhorar a experiência do usuário em diferentes cenários, a Huawei lançou o pacote HiLink & LiteOS & chip, que abrange o dispositivo e a plataforma aberta, o sistema operacional e o chip do serviço em nuvem. O conjunto HiLink & LiteOS & chip ajuda a resolver as dificuldades de desenvolvimento da indústria de IoT de uma maneira completa, tornando o desenvolvimento mais simples e eficiente. A plataforma aberta HiLink implementa a descoberta automática de todos os dispositivos IoT, a conexão simples, o acesso único e o controle multi-terminal e multimodo, proporcionando a melhor experiência de associação inteligente com vários dispositivos.

O LiteOS é uma ponte entre hardware e aplicativos da IoT. O Maple JS, o exclusivo framework de programação e desenvolvimento de dispositivos IoT, tem basicamente o mesmo nível de desempenho operacional que o da linguagem de programação C, permitindo que os desenvolvedores desenvolvam rapidamente aplicativos sem serem proficientes em aplicativos incorporados. A combinação de chips HiSilicon, incluindo LiteOS, Gigahome e Honghu, proporcionará aos desenvolvedores uma otimização tecnológica subjacente para inteligência de dispositivos.

Novas tecnologias

No HDC, a Huawei também anunciou novas tecnologias, como o uso de algoritmos de computação espacial e tecnologias de identificação de IA para construir serviços Cyberverse que integram mundos virtual e real para oferecer uma experiência visual superior. A tecnologia de comunicação 5G mmWave, a tecnologia de controle por gestos mmWave e a tecnologia de detecção de batimentos cardíacos são demonstradas com o smartphone Mate X da Huawei. O sistema de crowdsourcing é usado para coletar mapas, obter posicionamento e navegação em nível interno.

"Vamos construir ecossistemas e atrair parceiros", disse o executivo Yu Chengdong, "O que anunciamos e demonstramos na Huawei Developer Conference deste ano estabelecerá uma base sólida para a execução de nossa estratégia de vida inteligente em todos os cenários nos próximos 5 a 10 anos."


Fonte: https://tiinside.com.br/tiinside/09/08/2019/huawei-lanca-o-harmony-os-como-alternativa-potencial-do-android



Facebook Twitter LinkedIn Google+ WhatsApp Gmail Email Print



voltar



ATENDIMENTO

Estamos prontos para atender

Tenha a melhor solução para o seu negócio

Ligue: 0800 606 6047

(21)99973-5783

Fale conosco