News

19/05/2015 - Governo suspende a venda de 87 planos de saúde de 22 operadoras

As vendas de 87 planos de saúde de 22 operadoras serão suspensas a partir de quarta-feira (20). Isso significa que temporariamente eles não poderão ter novos clientes, mas o atendimento aos atuais consumidores continua normal.

O anúncio foi feito nesta segunda-feira (18) pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Entre as empresas afetadas estão Unimed Paulistana, Odontoprev, Unimed Rio e Allianz. O UOL entrou em contato com as companhias e espera resposta. A Allianz e a Unimed Paulistana responderam (vejas as notas no fim deste texto).

Segundo a ANS, a suspensão foi determinada porque as empresas não respeitaram os prazos máximos de atendimento aos clientes e negaram, indevidamente, algumas coberturas.

O objetivo da medida é impedir novas contratações e, ao mesmo tempo, garantir o atendimento aos cerca de 3,2 milhões de consumidores que já possuem contratos dos planos suspensos.

A lista com todos os planos suspensos pode ser acessada no site da ANS:http://zip.net/bvqM33 (URL encurtada).

Venda de 34 planos poderá ser retomada

Ao mesmo tempo em que determinou a suspensão da venda de alguns planos, a ANS autorizou a retomada, também a partir da próxima quarta-feira, da comercialização de 34 planos. A lista completa também pode ser consultada no site da agência: ttp://zip.net/bvqM33

Esses planos tinham sido alvo de suspensão anterior, mas, segundo a agência, as operadoras conseguiram comprovar melhoria no atendimento nos últimos três meses.

A ANS vem anunciando proibições de vendas de planos desde o final de 2011. Desde o início das ações, 1.099 planos de 154 operadoras já tiveram as vendas suspensas. Outros 924 planos voltaram ao mercado após comprovar melhorias no atendimento.

A medida é aplicada com base nas reclamações recebidas nos canais de relacionamento da agência por telefone (0800 701 96560), pela internet (http://zip.net/bfphTX) e pessoalmente em 12 núcleos de atendimento existentes nas cinco regiões do país.

Allianz responde

A Allianz diz que está tomando providências para regularização dos planos suspensos. Veja a nota divulgada pela empresa:

"A Allianz Saúde comunica que, após a divulgação do 13º Ciclo de Monitoramento da Garantia de Atendimento da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), foram liberados quatro planos de saúde do ciclo anterior. A seguradora informa que, em relação aos planos suspensos neste novo ciclo, está tomando todas as providências necessárias para regularizá-los.

A Allianz Saúde reafirma que os seus segurados e parceiros não serão impactados.

A seguradora coloca-se à disposição para eventuais esclarecimentos."

Unimed Paulistana responde

A Unimed Paulistana afirma que a nova administração está se esforçando para melhorar os serviços. Leia a nota da empresa:

"A UNIMED PAULISTANA, ciente do resultado do 13º ciclo de monitoramento assistencial realizado pela ANS, encerrado aos 18 de março de 2015, esclarece que:

Ocorreram - em 28 de março de 2015 - eleições para o provimento de cargos na Diretoria Executiva e Conselho de Administração da Cooperativa, e a nova administração, recém empossada, vem empenhando seus melhores esforços na melhoria dos processos internos, como forma de ofertar aos usuários assistência suplementar à saúde de qualidade, com valorização da atividade médica. Igualmente, esclarece que os usuários não serão afetados com a decisão em questão."


Fonte: UOL Economia



Facebook Twitter LinkedIn Google+ WhatsApp Gmail Email Print



voltar



ATENDIMENTO

Estamos prontos para atender

Tenha a melhor solução para o seu negócio

WhatsApp: (21)99973-5783

CHAT

Fale conosco