News

07/06/2005 - Universidade holandesa cria sensor gastrointestinal

http://www.saudebusinessweb.com.br/sbw_Artigo.vxlpub?id=93543

Aparelho deverá detectar níveis de dióxido de carbono no estômago

Os profissionais da saúde terão um equipamento a disposição para detectar a isquemia gastrointestinal. O pesquisador Sebastiaan Herber, da Universidade de Twente, da Holanda, desenvolveu um aparelho com 2,9 milímetros de comprimento que consegue medir o volume de dióxido de carbono no estômago.

O sensor pode ser introduzido no estômago por um cateter a partir do nariz e mostrou-se resistente à corrosão pelo suco gástrico.
A presença do gás em altos níveis, indica má circulação sanguínea. O pesquisador montou um hidrogel sensível às alterações de pH, acoplado a um micro-sensor de pressão.

O gás flui pelo estômago e atinge a membrana permeável do aparelho, provocando uma reação química com o bicarbonato armazenado em um reservatório, que faz o pH cair. O hidrogel se movimenta e é possível medira a pressão na região. Se a concentração do dióxido de carbono for pequena, o pH aumenta e a pressão interna diminui.



Facebook Twitter LinkedIn Google+ WhatsApp Gmail Email Print



voltar



ATENDIMENTO

Estamos prontos para atender

Tenha a melhor solução para o seu negócio

Ligue: 0800 606 6047

WhatsApp - (21)99973-5783


Vídeo Conferência - https://whereby.com/doctorsac