News

23/06/2009 - Telefônica está proibida de vender novas assinaturas do Speedy

A Anatel determinou a proibição da venda do Speedy, serviço de banda larga da Telefônica. A decisão acontece depois de diversas falhas serem observadas no serviço desde o final do ano passado.

A Telefônica tem 30 dias para apresentar à Anatel um plano para garantir que o Speedy funcionará normalmente, com planejamento para garantir a regularidade do serviço. A regularização nas vendas só será feita a partir de comunicado da operadora ao órgão com esses termos. Cada assinatura vendida a partir da notificação pode acarretar em multa de R$ 1 mil à tele.

Além de não poder comercializar novas assinaturas, a Telefônica será obrigada a informar a todos que quiserem comprar conexão banda larga da operadora. A decisão da agência reguladora que "em razão da instabilidade da rede de suporte ao serviço Speedy, a Anatel determinou a suspensão, temporariamente, de sua comercialização".

A Anatel exige ainda que a Telefônica explique os problemas ocorridos recentemente no serviço em cinco dias úteis. Caso as determinações não sejam cumpridas, foi estabelecida multa de R$ 15 milhões.

Fonte: SEPRORJ.ORG.BR



Facebook Twitter LinkedIn Google+ WhatsApp Gmail Email Print



voltar



ATENDIMENTO

Estamos prontos para atender

Tenha a melhor solução para o seu negócio

Ligue: 0800 606 6047

WhatsApp - (21)99973-5783


Vídeo Conferência - https://whereby.com/doctorsac