News

11/06/2015 - Os erros que sua empresa deve evitar em um site móvel

Wellington Tamaki, estrategista de contas e especialista de produto do Google, dá dicas para ter um bom site mobile

Segundo um estudo da Fundação Getulio Vargas (FGV), o Brasil tem 306 milhões de dispositivos conectados à internet. Destes, 154 milhões são smartphones. Com aparelhos mais baratos e internet mais eficiente, muitos usuários estão escolhendo o smartphone para a maioria das atividades online. "Neste ano, o número de internautas está crescendo mais nos dispositivos móveis", diz Wellington Tamaki, estrategista de contas e especialista de produto do Google.

Em abril, o próprio Google anunciou medidas que priorizam os sites mobile. A compatibilidade com dispositivos móveis será usada como critério de classificação em buscas online, o que vai afetar as pesquisas em todo o mundo.

Na prática, isso significa que se o site da sua empresa não for compatível ele pode ser prejudicado nos resultados de uma pesquisa feita pelo celular. "O empreendedor vai perder clientes que estariam procurando pelo serviço dele", afirma.

Para não ter problemas, veja algumas dicas na hora de fazer um site mobile.

1. Não testar o site mobile
Quando adaptar ou criar um novo site mobile, teste a página em diferentes dispositivos: tablets e smartphones, Android e iOs. Telas e sistemas diferentes precisam ser checados para evitar que imagens e textos sejam prejudicados. "Usar o zoom ou fazer movimento de pinça com os dedos na tela é uma coisa ruim. É extremamente desconfortável", diz Tamaki. Repita os testes quando novos sistemas e dispositivos forem lançados.

2. Complicar o acesso
Na hora de fazer o site, pense em qual é o seu objetivo: que o cliente preencha um formulário, curta a página ou faça uma compra, por exemplo. "As pessoas têm um comportamento que tende a ser mais ágil, querem respostas rápidas. Desenhar um formulário que vai conter apenas informações essenciais ou ter um botão de ligar direto para o call center são recursos que a gente pode colocar em um site móvel", afirma.

3. Menu extenso, textos longos, fotos pequenas
Facilite a vida do usuário: tenha textos curtos e com um tamanho de fonte razoável e fotos que aparecem bem na tela pequena. Para Tamaki, projetar o site para que os usuários nunca precisam mexer no tamanho dos elementos é importante. "Tudo tem que caber em uma tela", diz.

4. Otimizar apenas a página inicial
Não faça apenas a página inicial adaptada aos dispositivos móveis. Para o usuário, é frustrante quando o site deixa de ser bem visualizado ao trocar de página. "É importante que ele seja otimizado pensando no objetivo que você quer do cliente: se você quer que ele entre para finalizar uma compra, otimize pensando nisto", afirma.

Fonte: Revistapegn



Facebook Twitter LinkedIn Google+ WhatsApp Gmail Email Print



voltar



ATENDIMENTO

Estamos prontos para atender

Tenha a melhor solução para o seu negócio

WhatsApp: (21)99973-5783

CHAT

Fale conosco