News

28/08/2010 - Ibope: Dilma chega a 59% dos votos válidos

Pesquisa Ibope divulgada neste sábado mostra que a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, abriu 24 pontos de vantagem sobre José Serra, candidato do PSDB.

A petista tem 51% das intenções de voto contra 27% do tucano. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

No último levantamento, os índices eram de 43% e 32%, respectivamente. A enquete anterior foi feita antes do início do horário eleitoral na TV e no rádio. A vantagem de 24 pontos, portanto, reflete os dez dias de exposição dos candidatos nos meios eletrônicos.

A candidata do PV, Marina Silva, caiu para 7%, ante os 8% averiguados na última pesquisa.

Somados, todos os adversários de Dilma tem 35% das intenções de voto, 16 pontos percentuais a menos do que ela. Se a eleição fosse hoje, a ex-ministra venceria no primeiro turno com 59% dos votos válidos.

A performance de Dilma já pode ser comparada à do presidente Luiz Inácio Lula da Silva na campanha de 2006. Na época, no primeiro turno, Lula teve 59% dos votos válidos como teto nas pesquisas.

ESTADOS

A candidata petista passou Serra em São Paulo, Estado que o tucano governou até o início do ano. Entre os paulistas, 42% declararam voto em Dilma, e 35% em Serra.

Em Minas Gerais, a ex-ministra tem o dobro de votos do adversário: 51% contra 25%.

São Paulo e Minas são os dois maiores colégios eleitorais do país.

No Rio de Janeiro a pesquisa mostra um cenário ainda pior para a campanha tucana. Dilma abriu 41 pontos de vantagem: 57% a 16%.

REGIÕES

No Nordeste, a petista tem mais do que o triplo de intenções de voto, chegando a 66% contra 20% de Serra.

No Sudeste, vence por 44% a 30%, e no combinado Norte/Centro-Oeste, por 56% a 24%.

No Sul, há um empate técnico: 40% a 35%, com vantagem para Dilma. É a única região onde a margem de erro é de 5 pontos percentuais. Na comparação com o último levantamento, a petista subiu cinco pontos, e Serra caiu nove.

RENDA

Entre os eleitores que têm renda familiar de até um salário mínimo, 58% manifestam a intenção de votar em Dilma, e 22% em Serra.

Há um empate no eleitorado com renda superior a cinco salários: a ex-ministra tem 39%, e o ex-governador, 38%.

REJEIÇÃO

A taxa de rejeição à candidata petista caiu dois pontos e ficou na casa dos 17%. Já em relação a Serra, 27% dos entrevistados afirmaram que não votariam nele.

Segundo o Ibope, 88% sabem que Dilma é a candidata de Lula.

REGISTRO

A pesquisa Ibope/Estado/TV Globo, realizada entre os dias 24 e 26 de agosto, ouviu 2.506 eleitores em todo o país. Ela está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número 26139/2010.


Fonte: Folha de São Paulo



Facebook Twitter LinkedIn Google+ WhatsApp Gmail Email Print



voltar



ATENDIMENTO

Estamos prontos para atender

Tenha a melhor solução para o seu negócio

WhatsApp: (21)99973-5783

CHAT

Fale conosco